quasi quasi

luisão et al

internet como capítulo à parte. a questão do uso de software livre. as oisas que não andam. as coisas que já estão andando. a galéra que está na escuta. os meios de informação, comunicação, expressão e os meios de alteração, adulteração, insubordinação. quem se conforma ao quê? Queremos saber. O que é que vc veio fazer aqui?

Amanhã instalam internet no arte em circulação e a comunicação vai rolar mais frôxa, deus queira. MS TUDO ISSO É UM PREÇO MUITO ALTO. COMUNICAR É UM IMPEDIMENTO corporativo. Está certo Octávio Camargo, ´mas confio em quem vem com a vontade de entender tudo, mesmo desconfiando que tudo, absolutamente, não vai dar para entender. E, desconfiando que, sem entender de alguma coisa, não há como construir nem constituir nada. Mas, às vezes, tem gente que até nisso consegue constituir alguma coisa. E o que é a arte? Tewm gente que chupa.
Tem gente que tem idéia. Tem gente que faz.

Mas de que lugar estamos querendo enunciar uma descrição das coisas que estão acontecendo? Estamos apenas começando a segunda semana de conversações e o tróço não está moleza não. e alguém tem de segurar a onda. Até para que haja delírio. e haja delírio.

Cosmococa no guarda pó do Hélio Leites. E viva a via lactea.

Quasi cinema e o cara vem com um boné de filme na cabeça perguntando onde é que está o meu palíndromo? é nobre ter boné. pois é: não fosse isso e era menos, não fosse tanto e era plágio.

E teremnos o que dizer. Só para avisar: estamos com vocês e não estamos a sós.

Até já, então.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: